24 de mar de 2012

Cor de rosa choque

Sim, eu mudei o layout de novo. Estou em uma nova fase cor-de-rosa e sinto necessidade de mostrá-la para todos no mundo (ou todos os que convivem comigo ou leem o que escrevo). Enfim, apesar de eu não ser lá essas coisas em html, eu gostei do resultado. Simples e objetivo (com algumas frescurinhas, é claro). Gosto de layouts simples, mais "focados" na postagem do que em outras coisas. Apesar de eu admirar quem tem aqueles layouts lindos e cheio de "frufrus" eu não sei se eu aguentaria postar algo em um blog assim. Sério. Eu me lembro que uma vez fiz um layout e ele ficou bonito e tal, mas ele era muito enfeitado, com vários plugins, vários recursos. O resultado? Eu me sentia mal em postar no meu próprio blog. Sério. Tinha ânsia só de olhar para meu blog e não me focar em meus textos, mas sim em toda aquela decoração. É lindo, mas não funciona pra mim. Gosto de coisas mais "cleans".

Ok, saindo do assunto layout para o assunto cores. Eu não gosto de rosa. Mas praticamente todas as minhas coisas são cor de rosa (e agora esse layout também o é). Parei para pensar a respeito disso, afinal, se eu desgosto de rosa, por que minhas coisas (incluindo quarto, roupa de cama, toalha, roupas em geral, cadernos, estojo, agenda, acessórios, maquiagem, entre outras coisas) são cor de rosa? Será que eu realmente não gosto de rosa ou apenas algo me fez pensar que não?

Aí é que está: eu gosto de rosa! Eu descobri que eu gosto de rosa. O que eu não gosto na cor rosa é o estereótipo de menina delicada que ela carrega consigo. Não sou delicada. Ok, aparentemente eu sou delicada. Mas converse 20 minutos comigo e você descobrirá que de delicada eu não tenho nada. Adoro uma polêmica e adoro puxar assuntos que façam as pessoas pensarem em situações hipotéticas que poderiam (ou não) acontecer em algum futuro remoto. E isso não me faz nem um pouco delicada. Não sirvo pra um romance de Jane Austen. Tô muito mais pra Heather Wells (de Tamanho 42 não é gorda - Meg Cabot) do que pra Elizabeth Bennet (Orgulho e Preconceito).

E eu detesto estereótipos. Sempre detestei ser chamada de menininha ou fofa apenas por usar rosa. Rosa para mim nada mais é do que a mistura de vermelho + branco (detalhe: branco eu detesto MESMO). E só. É uma cor como qualquer outra. E que combina sim com amarelo (que é uma das minhas cores preferidas). Combina também com meu tom de pele. Eu fico bonita de rosa e sei disso. Então vou parar com essa frescura: se quiserem me achar com cara de 14 anos apenas por sair de cor de rosa por aí (sim, as pessoas acham que tenho 14/15 anos porque eu tenho um rosto bem delicado e sou pequenininha, apesar de ter 18, que não é lá grande coisa também), e quem não gostar que vire gótico. Period.

Tumblr_lznmq6znew1qbteczo1_500_large 
Sim, eu gosto de me vestir como se tivesse 6 anos de idade. Sim, meu guarda-roupa tem uma quantidade assustadora de peças cor de rosa, tons pasteis e cheias de babados. E não, eu não me sinto estranha por isso. Afinal isso é um equilíbrio, já que tudo o que não tenho de feminino em minha personalidade foi parar no meu gosto para roupas. Gosto de parecer um cupcake humano e me sinto bem com isso. Period ². 

0 comentários: