15 de fev de 2012

De sonhos e pesadelos

Sabe quando se tem sempre um sonho muito repetitivo? Dizem que (não me pergunte 'quem diz' porque eu só lembro dos fatos, pois meu cérebro é como uma grande enciclopédia cheia de páginas faltando; e na maior parte das vezes as páginas que faltam são as da bibliografia) isso ocorre porque nosso subconsciente está tentando nos passar uma mensagem que ele considera importante.

Ok. O fato é que há 3 sonhos que tenho frequentemente há alguns anos, mas irei me concentrar apenas em um deles porque descobri que há mais pessoas (oi, Mari!) que têm sonhado a mesma coisa que eu. E o tal do sonho repetitivo é com a Samara Morgan de 'O Chamado'.

Aytlt5ncmaa2f-h_large

O que nos leva a sonhar com uma criatura dessas? Será o medo que o filme causa (gente, na boa, eu ri durante o filme todo) ou a feiura da monstrinha saindo da TV? Seja lá o que for, o fato é que esse sonho me acompanha há anos. Assim como o da menina do Exorcista se retorcendo na cama e vomitando ratos (?) em cima de mim. Well, eu tenho uma teoria pra isso. (lembrando que não sou psicóloga nem nada e não entendo nada do universo mágico dos sonhos. Estou apenas falando de metida mesmo.)

Acho que sonho frequentemente por isso porque sou atormentada por meus demônios internos. Ambas são personagens femininas, duas menininhas que se tornaram em monstros após algo que ocorreu de muito forte em suas vidas (no caso da Samara, o poço, de onde foi jogada pela madrasta (?) má; no caso da Reagan, o amuleto encontrado no deserto que continha a maldição de um demônio que tomou seu corpo). E não é novidade pra ninguém que lê meus textos há um tempo que eu sou cheia de traumas. E vivo me contendo para não liberar esses "demônios" internos e não me transformar naquilo que mais detesto.

Há um livro (Jesus, o maior psicólogo que já existiu) que contém a seguinte frase: odiamos nos outros o que não conseguimos suportar em nós mesmos. E se adaptarmos essa mesma linha de pensamento para o mundo dos sonhos? Bem, então sonhamos com aquilo que está preso em nosso subconsciente mas que não pomos para fora ou porque dói demais, ou porque assusta ou porque é um trauma muito forte para ser exteriorizado abertamente, então durante o sono o subconsciente transforma esse trauma, esse medo em pesadelos para que possamos lidar com isso de certa forma sem que tenhamos de mostrar aos outros, e ele usa exemplos conhecidos (no caso, as meninas frágeis que se transformam em coisas demoníacas nos filmes) para que não entremos em surto por nos vermos em tais condições.

É claro que estou apenas divagando aqui, e bem, essa teoria se aplica a mim. Não quer dizer que seja assim com a Mari (ou com mais pessoas que já vi por aí com esse mesmo tipo de sonho), porque cada indivíduo é diferente e passa por coisas diferentes, e cada mente reage de uma forma. Mas eu realmente acredito que esse seja o caminho para a compreensão de nossos medos: lidamos com eles de forma subjetiva e na figura de seres que talvez se aproximem de nós por uma característica ou outra, para que não enlouqueçamos ao contemplarmos claramente o que isso significa, ou seja, que somos nós que estamos internamente em um poço e que aquele poço transformou uma menininha frágil em um ser demoníaco.

É melhor eu parar por aí antes que eu enlouqueça as poucas pessoas que leem esse blog. See ya. 

2 comentários:

Mari disse...

hauuahauuahua adorei o post!
O fato de serem personagens femininas não é por acaso, fizeram todo esse mantra que a mulher tá mais propensa a cair nas 'diabólicas garras do demônio' e hollywood meio que reflete essa ideologia (boba) da Igreja ahuhauhauh

Mas fora isso, eu gostaria de ir mais afundo na psicologia desses filmes, o chamado como um bomfilme oriental tem todo um lance de mexer no psicológico de quem o vê, e mexe mesmo, existem coisas x que me remetem ao chamado.

é que nem um joguinho, o silent hill, é um terror psicológico muito maior do que a maquiagem, o problema é o que acontece depois que vc desliga o filme, o jogo, e não o que vc ve durante sabe?

enfim, na minha teoria esse tipo de filme exerce exatamente essa função, de ficar impregnado na nossa cabeça no universo do medo.

e toda vez que sonhamos com algo que nos dá medo ou algo do tipo aparece aleatoriamente a samara morgan HUAHUHAUHAUHUA e ela aparece em situações que eu tenho medo (tipo, perseguição)

eu tenho medo de perseguição, e no meu universo do medo a samara morgan fico lá impregnadinha = samara morgan me perseguindo e.e

ahauhauhauhahua acho que funciona basicamente assim

Pollyanna Alves disse...

Que medo, nem vou começar nos meus sonhos frequentes de caindo de um penhasco...
Bem, Flor tô passando pra te falar que gosto muito do seu blog e que tem selinho pra você lá no meu Blog.

Beijos Fica com Deus.
Mania de Complicação