20 de jan de 2012

Entenda como quiser

O complemento dos seres. O ópio dos apaixonados. A razão de várias existências. A origem de tudo. A materialização do desejo. A saudade encarnada. A perdição da inocência. A volúpia disfarçada. O alimento da carne. A fartura do sal. Um pecado disfarçado, chamado de prazer sem igual.
Mas não adianta: meu pecado é mental.